.

terça-feira, 21 de junho de 2016


O que eu sou quando ouso dizer?
Se nada digo, guardo comigo o enorme mistério de ser.

É preciso ter cautela, não ter medo de guardar.
Se a tola palavra sai
é melhor saber o que isso vai gerar.

Das milhares ilusões que criei
Mastigo ainda grande parte delas.

É difícil digerir nossa imaginação
E é difícil progredir sem intuição.

Sobre todas as armas que há em minha cabeça
respiro continuamente até que delas um dia
me esqueça.

se o laço fica atravancado
é capaz de virar nó
e nó pra nos deixar cegos 
não tem cristo que tenha dó

Nenhum comentário:

Postar um comentário